A Adega Muf’s trabalha com os mais conceituados revendedores de bebidas em Curitiba. Confira nosso catálogo de produtos e solicite seu orçamento.

Categorias

Consumo de Espumantes nas datas Sazonais – Comparativo do consumo entre o Brasil e França

Consumo de Espumantes nas datas Sazonais – Comparativo do consumo entre o Brasil e França

Neste artigo, iremos fazer um comparativo entre o consumo de espumantes na França e aqui no Brasil. Iremos também te indicar o Espumante Muf’s, feito com total qualidade para que você possa degustar um dos melhores vinhos nacionais. 

Além disso precisamos deixar claro que, embora o Brasil não tenha a tradição do vinho em suas veias, com a França, nós também gostamos muito de saborear um vinho de qualidade. Ainda que por muitas vezes nós brasileiros façamos confusão na hora de distinguir as bebidas

O objetivo principal deste artigo é fazer um comparativo do consumo de espumantes entre Brasil e França em datas sazonais. Diferente dos nossos amigos franceses, nós brasileiros costumamos consumir vinhos apenas em datas específicas.

Mas por que isso? Quer entender como se dá este processo cultural? Fique até o final do artigo para saber de tudo.

Quem consome mais espumantes?

No Brasil não há uma cultura tão forte, que influencie diretamente no consumo de vinhos. Desta forma podemos verificar que a procura por espumantes costuma ter um aumento expressivo apenas em datas específicas.

Sendo assim o consumo em grande escala se dá em datas sazonais, como por exemplo: Natal e Ano Novo.

Quantas taças de vinho você já tomou hoje?

Agora vamos aos nossos amigos franceses. Eles possuem uma história muito antiga com o vinho, desde o Império Romano até a Idade Média, com os monges e as ordens clericais. O consumo e a rotina de beber vinho permaneceu até os dias atuais.

Enfim, um brasileiro por exemplo tomaria um espumante muf’s para comemorar algo muito especial, como a virada de ano. Já um francês, beberia o mesmo espumante da mesma maneira que nós tomamos o bom e velho café

Quem se confunde mais na hora de identificar as bebidas?

No Brasil há um grande consumo de vinhos e espumantes e junto com esse grande consumo, também há muita confusão na hora de diferenciar por exemplo: vinhos de sangrias, ou ainda, sidras de espumantes. 

Segundo o Ibravin apenas 1 a cada 5 consumidores sabe de fato o que está consumindo e isso se deve ao que falamos anteriormente, a cultura. Por não termos a cultura da apreciação de vinhos enraizada, dificilmente um consumidor brasileiro, saberia diferenciar por exemplo, um espumante muf’s de uma de outra marca.

Agora vamos aos franceses… como afirmamos anteriormente, a história da França com a produção e o consumo de vinhos é um tanto longa. Por essa razão, dificilmente um francês iria confundir um vinho com uma sangria.

Certamente que nem todos os franceses devem apreciar tanto um bom vinho, no entanto, estamos falando da população em geral. Não podemos rotular os franceses como se todos gostassem de vinho. Seria o mesmo que dizer que todos os brasileiros amam futebol.

Por que não temos tanto costume de beber vinhos?

Uma boa forma de responder essa questão é fazendo algumas outras. Por que temos o costume de jogar e apreciar futebol? Por que temos o costume de comemorar o carnaval? Isso acontece desde muito cedo, é um processo cultural que varia país para país.

Aqui no Brasil temos esses costumes, porque desde muito cedo somos motivados a tê-los. Desta forma, podemos concluir que não temos o costume de beber vinhos fora de datas sazonais, por conta de nossa cultura. 

Mas por que nossa cultura é assim? Porque existem alguns equívocos acerca dos vinhos no Brasil. Muitos acreditam que vinhos finos são para pessoas ricas, que bons vinhos estão fora do alcance de pessoas com o poder aquisitivo menor. 

Essa percepção aumenta ainda mais a distância entre o consumidor brasileiro e os vinhos de qualidade. O que não acontece com o consumidor francês, que entende que um bom vinho não se justifica apenas pelo valor e sim por sua composição e qualidade.

Quais os benefícios do consumo de vinhos?

Outro equívoco que afasta o consumidor brasileiro dos vinhos é a ideia de que toda a bebida alcoólica traz danos para a saúde. Esse pensamento não se aplica aos vinhos, pois há uma série de benefícios cientificamente comprovados.

A grande sacada é a moderação, é preciso saber beber. Você pode por exemplo, degustar um bom espumante muf’s. No entanto, tudo é excesso pode prejudicar o nosso organismo, até mesmo a água.

Vamos ver agora alguns benefícios do consumo de vinhos. 

Já é comprovado que o resveratrol, uma molécula encontrada na casca de uva, possui componentes que resultam na diminuição da pressão arterial, aumento dos níveis do bom colesterol, estabiliza a quantidade ideal de açúcar no sangue, além de rejuvenescer as artérias.

Um bom vinho também atua na prevenção de doenças cardiovasculares. Ou seja, toda vez que o vinho é consumido de forma moderada e com uma certa regularidade, temos como consequência a redução da produção do mau colesterol e o aumento da produção do bom colesterol. 

Além dos benefícios citados acima, o consumo consciente de vinho também traz os seguintes benefícios: reduz os riscos de AVC; impulsiona o sistema imunológico; previne diversos tipos de câncer e etc.

Benefícios esses que os franceses conhecem bem, sendo este mais um motivo de serem tão apaixonados por vinhos.

Conhece os Espumantes Muf’s?

Estamos bem próximos das festas de fim de ano e como todo bom brasileiro, você já deve estar pensando no que comprar para comemorar. O espumante muf’s é uma boa opção, pois garantimos qualidade em nossos produtos, por um preço que não vai te assustar.

Se você gosta de um espumante seco, o Muf’s Reserve Brut é uma ótima escolha para você. Agora se você busca algo mais doce, o espumante muf’s Moscatel é o ideal para você. 

Enfim, acreditamos que foi possível perceber a diferença entre o consumo de espumantes no Brasil e na França, o comparativo entre esses dois países no faz perceber que a percepção que cada país possui acerca da bebida, tem origem em suas raízes históricas.

A questão cultural sendo o fator crucial para essa grande diferença na forma de consumir vinhos. Agora que você já conseguiu entender todo esse contexto, venha conferir o espumante muf’s em nossa loja.

Beba com responsabilidade. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Dirigir sob a influência de álcool configura delito, passível de sanção penal.
Imagens meramente ilustrativas.