A Adega Muf’s trabalha com os mais conceituados revendedores de bebidas em Curitiba. Confira nosso catálogo de produtos e solicite seu orçamento.

Categorias

O consumo consciente de bebidas evita complicações a saúde

O consumo consciente de bebidas evita complicações a saúde

O consumo consciente de bebidas pode evitar diversas complicações a saúde, seja por não beber em excesso como também saber a procedência da bebida que foi comprada.

Tudo em excesso faz mal, até água, então bebidas alcoólicas com toda a certeza estão na lista de “com moderação”.

Pode ser bom, mas saber seus limites e os limites do seu corpo é essencial para não se prejudicar a saúde.

Lembrando que não é necessário parar de beber, apenas não tomar excessivamente já irá ajudar e muito a evitar complicações futuras.

Essas “complicações futuras” podem ser a curto e a longo prazo, então vamos tratar mais a respeito disso.

O que o consumo excessivo pode causar

Infelizmente a melhor forma de alertar é citando o que o consumo excessivo pode causar, ou até mesmo já está causando.

Esses “problemas” causados pela bebida podem afetar diversos órgãos, então vamos falar no geral algumas doenças que podem surgir:

Como você sabe, o principal órgão afetado é o fígado, e entre as doenças mais comuns estão:

  • cirrose;
  • hepatite;
  • esteatose.

Já outras doenças comuns são: pancreatite crônica, cardiomiopatia, hipertensão, arritmia, gastrite e úlceras.

Outro órgão que não é muito citado é o cérebro, que com o excesso de álcool pode afetar o sistema nervoso, com risco de danos cerebrais e deterioração cognitiva.

Se você costuma pegar doenças facilmente, como infecções, gripes e resfriados, talvez a culpa seja da bebida.

Beber em excesso enfraquece o nosso sistema imunológico, e é um dos sintomas mais iniciais.

Por fim, o câncer pode nascer somente por conta do alcoolismo em excesso, e não é somente um tipo. Há vários:

  • de boca;
  • esôfago;
  • fígado;
  • intestino;
  • mama.

Assim como pôde ver, não é “poucos” problemas que podem acontecer por conta de um excesso, mas é claro que sempre há tempo para parar.

Há diversas pessoas que não sabem se já estão passando do limite ou não, mas há um teste chamado CAGE que pode auxiliar.

Responda as seguintes perguntas:

1. Você já tentou diminuir ou cortar (“Cut down”) a bebida?
2. Você já ficou incomodado ou irritado (“Annoyed”) com outros por que criticaram seu jeito de beber?
3. Você já se sentiu culpado (“Guilty”) por causa do seu jeito de beber?
4. Você já teve que beber para aliviar os nervos ou reduzir os efeitos de uma ressaca (“Eye-opener”)?

Respondendo essas perguntas, já é claro se você está abusando da bebida ou não.

Como a procedência da bebida pode afetar a nossa saúde

O consumo consciente de bebidas também inclui a procedência delas, afinal, elas interferem diretamente a nossa saúde.

Saber da onde a bebida que você comprou veio e sua qualidade pode fazer sua saúde até mesmo melhorar.

Se você compra bebidas muito baratas, confira se você está sentindo algum desses sintomas:

  • vômitos;
  • tonturas;
  • sonolências;
  • dores abdominais;

São sintomas muito comuns em bebidas falsificadas, que causam danos a sua saúde na hora e causam muito mais problemas a longo prazo.

Nessas bebidas falsificadas, utilizam diversos produtos que não são feitos para produtos, e sim para produtos de limpeza, acetonas, lavagem de automóveis e diversos outros.

Nunca subestime uma bebida falsificada, pois ela pode causar até a morte (dependendo da substância) ou uma cegueira permanente, como em casos que utilizam metanol em vodcas falsificadas.

“Mas como identificar um produto falsificado”? Na verdade, não há um grande segredo por trás:

Compre de marcas conhecidas para um consumo consciente de bebidas

Apostar nas melhores marcas do mercado com certeza não é uma má opção, e há diversas confiáveis.

Um bom exemplo é a Diageo, que é dona de marcas como a Johnie Walker, Ypiocá, Smirnoff, Tanqueray, entre outros.

Outras empresas muito conhecidas (e com ótima qualidade):

  • Brown Forman;
  • Bacardi;
  • Pernot Ricard;
  • Campari;
  • Interfood;

Selo IPI

É comum que alguns produtos falsificados deixem “brechas” e entre eles está o selo IPI.

O selo IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) está em todas bebidas alcoólicas, então se você não ver esse selo, o produto é falsificado ou então contrabandeado.

Nesse caso, é um “pequeno detalhe” que pode fazer a diferença, então não custa sempre dar uma conferida na hora da compra em lojas físicas.

Aliás, sempre cheque a boca da garrafa para ver se ela está violada ou não, pois é comum essa violação e poucos percebem (só na hora de abrir).

Preços extremamente baixos

É claro que há promoções, porém preços extremamente baixos podem e provavelmente são produtos falsificados.

Não há vinho de R$1.000,00 que fique em promoção por R$100,00.

Se atentar a produtos com valores muito diferentes devem ser evitados a todo custo.

É sempre recomendado realizar a compra dos seus produtos em mercados, que são rigorosos quanto a seus produtos.

Pequenos truques para champanhe e Whisky

Há pequenos truques onde você poderá ver se o produto é falsificado ou não, vejamos o caso do whisky.

O teste é feito da seguinte forma:

  1. Deixe a garrafa descansar (sem movimento) e bata com uma caneta em seu frasco.
  2. Em seguida, você deverá balançar diversas vezes a garrafa e bater novamente com a caneta em seu frasco.

Assim, caso os sons forem diferentes, o Whisky é original, caso contrário, você tem produto em que o malte já se misturou ao produto.

Há também o truque para o champanhe, que está na sua nomenclatura: falando de forma simples, o nome “champagne” não pode ser utilizado em nenhum lugar sem ser na região de Champagne na França.

Isto é, seu champanhe deverá ter o nome “vinho espumante”, caso ache algum rótulo diferente, a bebida é falsificada.

Tenha um consumo consciente de bebidas

A Muf’s sempre incentiva um consumo consciente de bebidas, pois o excesso nunca faz bem.

Para isso, controle sempre a quantidade de bebida para não ter problemas depois.

Além disso, sempre prezamos pela qualidade da bebida e também a sua procedência, sendo nossa adega totalmente confiável e conta com as melhores marcas.

Por fim, cuide do seu corpo e da sua saúde sempre, para que não haja quaisquer problemas que foram citados acima, não havendo complicações no futuro.

Beba com responsabilidade. A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.
Dirigir sob a influência de álcool configura delito, passível de sanção penal.
Imagens meramente ilustrativas.